Apoio

Os artesãos recebem hoje apoio de órgãos governamentais e de várias instituições. Os artesãos estão isentos de impostos quando participam de eventos nacionais e internacionais.

Alguns desses incentivadores são:

- Espaço Artesanato em Movimento (1). Reúne o Núcleo da Concha de Piúma, o Núcleo de Produção e Comercialização de Artesanato (NPCA), e a Cooperativa de Artesanato Capixaba (Capixarte).

- Programa de Artesanato Capixaba (PAC) (2). Em parceria com o Programa do Artesanato Brasileiro (PAB) (3).

- Feira Fazendo Arte e Cultura (FAC) (4), Anchieta, ES.

Na imprensa

O artesanato capixaba recebe também apoio e divulgação através da imprensa, e nos trabalhos de artistas, estudiosos e intelectuais que percebem nessa atividade uma rica e diferenciada manifestação da cultura capixaba. Destaco aqui alguns desses trabalhos:

- “Mão e Obra, Artesanato do Espírito Santo”, livro publicado pelo SENAC/SEBRAE.

- “Artesanato da Concha no Espírito Santo”, documentário do cineasta Orlando Bonfim, com o apoio da Comissão Espíritossantense de Folclore.

- “Transformadores de Conchas”, artigo publicado na Revista de Bordo do Grupo Itapemirim, em 2008.

(1) Secretaria de Estado da Agricultura, Abastecimento, Aquicultura e Pesca (Seag)

(2) PAC : artesanato@setades.es.gov.br - (27) 3380-2149 / Fax: (27) 3380-2153 gtr@setades.es.gov.br; reginapimentel@setades.es.gov.br

(3) MInistério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC).

(4)Associação Anchietense de Artesanato (Assanart). Secretaria de Estado do Trabalho, Assistência e Desenvolvimento Social (Setades).